Tenha coragem para dar o primeiro passo

tenha-coragem-para-dar-o-primeiro-passo-irmascarvalhoblog

Adquiri o hábito de assistir as palestras do TEDx Talks no Youtube. São vídeos curtos, no máximo 15 minutos, sobre os mais diversos temas. Na verdade eu comecei a assistir mesmo para treinar o listenning do inglês (e realmente ajuda). Mas semana passada acabei me deparando com o vídeo da Tatiane Lobato, brasileira, com o título “Sonhe Grande, Comece Pequeno” e, apesar de dar prioridade para as palestras em outro idioma, fiquei muito curiosa para assistir esse vídeo. E foi o que eu fiz.

Tatiane tem origem humilde, passou por muitas suas dificuldades, mas, apesar de tudo, teve coragem, sonhou alto e começou a empreender. Hoje ela é dona de uma rede de lavanderias na região metropolitana de São Paulo. Com certeza, uma empreendedora de sucesso.

Após dar o seu exemplo, Tatiane fala a frase “Sonhe grande, comece pequeno” e nos faz lembrar que muitas vezes ficamos esperando a oportunidade certa, o dinheiro na quantia desejada, ou seja lá o que for que você acredita que precisa, para fazer algo, quando tudo o que você REALMENTE PRECISA é dar o primeiro passo, começar pequeno.

frase-marthin-luther-king-irmascarvalhoblog

Na realidade eu acredito que nós procuramos mesmo é um meio mais fácil, uma margem de segurança, um apoio, por isso adiamos nossos “primeiros passos”. Mas quanto mais o tempo passo, mas eu entendo que essa facilidade não existe. Realizar um sonho, acredito que em 99,9%, demanda muito suor e lágrimas mesmo (Pelo menos os sonhos grandes).

Ou seja, não tem jeito, você precisa começar pelo começo (redundante, mas é isso mesmo).

Começo a semana com essa sacudida para que você tenha a coragem de iniciar e continuar a correr atrás dos seus sonhos. Acredite, um dia você vai colher os frutos de tudo isso.

Para assistir a palestra da Tatiane clica aqui.

 

 

Posts relacionados:

Mude seus hábitos para ter a vida que sempre sonhou!

Começar é sempre a parte mais difícil

Não está satisfeito com a vida? É hora de mudar!

 

 

5 sinais evidentes de que você precisa se cuidar mais

5-sinais-evidentes-de-que-você-precisa-se-cuidar-mais-irmascarvalhoblog

Todos nós somos cheios de responsabilidades. Obrigações familiares, profissionais, estudantis, metas, sonhos… Mas e o nosso auto-cuidado? O compromisso consigo mesmo também não é importante? O corpo e o inconsciente sempre dão sinais quando certos limites estão sendo ultrapassados e esses são alguns deles;

1 – Você não consegue fazer nada direito

Transformar a própria vida em um martírio por conta de obrigações não significa que você seja plenamente dedicado. Muito pelo contrário: sua falta de amor próprio pode prejudicar seu desempenho. Você sente que não importa quanto esforço ponha nas coisas o resultado é sempre um retumbante fracasso. Talvez seu problema seja estar insatisfeito consigo mesmo e transferir essa negatividade para todo o resto.

2 – Você se sente desanimado e sem energia

5-sinais-evidentes-de-que-você-precisa-se-cuidar-mais-irmascarvalhoblogVai dormir pensando que queria mais tempo para dormir e já acorda querendo voltar a deitar. O mesmo padrão se repete em feriado, férias e fins de semana em geral. Isso é um dos claros sinais de falta de motivação. Aquela sensação de “O que eu estou fazendo aqui?”. Não adianta: o problema é interno.                                  Imagem: Jornal Daqui

3 – Você odeia (ODEIA!) tirar fotos

Vamos combinar que ninguém gosta dos maníacos do flash, mas quando se tem a sensação de que todo mundo está digno de um tapete vermelho e você parece um mendigo, isso é um problema. Não precisa se tornar um ícone da moda, mas estar apresentável o suficiente para não se sentir inferior. Isso faz MUITA diferença na auto-estima.

4 – Você só come besteiras

5-sinais-evidentes-de-que-você-precisa-se-cuidar-mais-irmascarvalhoblog

Quando parece que o mundo é irritante, uma das poucas coisas que dão algum bem-estar é comer. E quanto mais gordurosa e açucarada a comida, melhor. O problema é que isso vira um ciclo vicioso: mais comida ruim, menos saúde, menos energia, maior desânimo, mais vontade de comer besteira. Se isso não for quebrado os prejuízos para o corpo e para a auto-estima podem ser sérios. Imagem: http://cheapgeneric8cialis.com/

5 – Você está sem perspectiva sobre o próprio futuro

Aquela pergunta horrível que todos os gurus de auto-ajuda e coachings vocacionais adoram fazer: “Como você se imagina daqui a dez anos?”. Se a sua resposta for pessimista (ou um grande silêncio), isso é um mau sinal. Significa que você não tem sonhos, metas ou está construindo algo de concreto. É hora de investir mais em si mesmo.

Não adianta estar tudo certo se seu interior permanece uma bagunça.

10 coisas para fazer se você não gosta de Carnaval

10-coisas-para-fazer-se-voce-nao-gosta-de-carnaval-irmascarvalhoblog

Já começo dizendo que esse post não é para você que vai viajar no feriado, mas para pessoas como nós, que não gostamos da bagunça e não podemos simplesmente fugir por aí… Enfim, Carnaval já está aí para trazer alegria para os foliões e um feriadão para quem quer colocar suas coisas em dia. Pensando nisso, fizemos uma lista com 10 sugestões de programas e atividades para você que quer aproveitar o feriado longe da festa e, é claro, relaxar e se divertir a sua maneira…

1- Jogos, jogos, jogos

Jogos são uma ótima forma de passar o tempo. Tá, eu sei que nem todo mundo gosta, mas EU GOSTO, só não tenho muito tempo para jogar durante a semana. Se você gosta de jogar também, prepare o seu videogame ou baixe um emulador no seu computador e vá ser feliz! E ainda dá para chamar alguém para jogar com você….

2- Leitura em dia

Estou sempre lendo, nem que seja só um pouco todo dia (esse ano isso vai ter que dar certo), mas nada se compara a tirar uma tarde despreocupada somente para se dedicar a leitura. Sem preocupações, nem compromissos, apenas você, o livro, um bolo e um café. Se for um livro bom então, melhor ainda!

3- Animes!

Normalmente as pessoas gostam de séries, mas eu gosto de animes! São viciantes, além de ser uma ótima forma de passar o tempo. Se você não gosta, é porque ainda não encontrou o anime certo. Tem para todos os gostos! É só procurar…

Resultado de imagem para inuyasha
Fonte: Viz

4- Cineminha

Ir ao cinema propriamente dito ou fazer uma sessão de cinema na sua casa e chamar a galera… Se vai ter filme, vai ser legal! Faz ou compra aquela pipoca e um refri e fica tudo certo! E ainda tem como fazer maratona…

5- Se organize!

Eu sei que ninguém quer fazer nada durante o feriado, mas ás vezes são nessas datas que sobra tempo para você dar aquela olhada criteriosa no ambiente em que vive e se perguntar “O que aconteceu nesse lugar?” rsrs Você começa a enxergar a sujeira e a bagunça em todo lado, mas isso não combina com um lugar que aspire paz e descanso. Então tire umas horinhas para colocar sua casa ou seu quarto em dia. Tenho certeza de que você se sentirá bem melhor nele.

6- Planeje-se!

Tem muita gente que diz que o ano só começa depois do Carnaval. Particularmente, eu não concordo muito com isso, mas se você ainda não planejou seus próximos passos para 2018, está aí uma ótima oportunidade para pensar no futuro e nas decisões ao longo do ano. Planeje e realize!

Resultado de imagem para planner
Fonte: La Pomme

7- Que tal matar a saudade de alguém?

Faz tempo que você não vê ou conversa cara-a-cara com aquela pessoa especial? Um familiar, uma amiga ou amigo que você não vê faz tempo… Essa é uma oportunidade para colocar o papo em dia, seja num almoço, num café, uma noite do pijama, whatever… Aproveite o tempo livre para melhorar seus relacionamentos!

8- Fazer a limpa nas redes sociais

Separe um pouco desse tempo livre para rever seus contatos, suas publicações e a própria utilidade de suas redes sociais. Afinal nós gastamos um tempo precioso utilizando-as, então vamos torná-las mais funcionais.

9- Tire seu hobbie do papel!

Você quer aprender a fotografar melhor, ou trabalhar com artesanato, ou se dedicar a jardinagem, ou qualquer outra coisa que demande certo tempo de estudo e prática? Esse é um bom feriado para tirar o seu projeto do papel e começar a fazer acontecer. Se você terá tempo livre para isso, aproveite!

Resultado de imagem para horta
Fonte: Casa e Festa

10- Vamos mexer esse corpinho

Você não precisa ir pro meio dos blocos de Carnaval, mas pode sim aproveitar a oportunidade para fazer ou experimentar uma atividade física. Caminhada, corrida, natação, yoga, dança (nem que seja em casa mesmo) só para te fazer sair do lugar. Não faz mal e ainda te ajuda a se sentir melhor!

Com essas dicas, esperamos ter ajudado vocês de alguma forma.

Bom feriado a todos!

 

A loucura que é seguir tendências

a-loucura-que-e-seguir-tendencias-irmascarvalhoblog

Vivemos na era da ostentação, do feed perfeito do Instagram, do tênis modinha. Quanto maior o seu salário, maior também a sua lista de compras. Afinal você PRECISA mostrar que sustenta um certo “padrão de vida”, que pode pagar o preço. Você precisa se encaixar. A lista é enorme, inclui casa bem decorada, cachorro fofo, namorado dos sonhos, sapatos e mais sapatos, um Iphone novo, maquiagens da MAC, uma viagem incrível etc etc etc. Isso porque nem falei do “corpo ideal”.

kylie-jenner-irmascarvalhoblog
Kylie pensando naquela coxinha que não comeu rsrs. Fonte: We heart it

Você quer uma casa, mas não é uma casa qualquer, é aquela estilo Pinterest, com decorações em rose gold. Você quer uma sandália, mas não é uma sandália qualquer, é a sandália que a Kylie Jenner usou no desfile. Você quer uma viagem, mas não viagem qualquer, você quer ir para Disney, Nova York, Caribe, whatever, porque é para lá que “todo mundo está indo”.

Só digo uma coisa meus amigos: O mundo está ficando louco! Ou sempre foi, sei lá…

o-que-esta-acontecendo-irmascarvalho
Fonte: Gerador de Memes

Não é errado se inspirar nas escolhas alheias. As redes sociais rendem grandes ideias de estilo, decoração e tudo mais, e é incrível! O problema é alimentar um desejo ou um sonho baseando-se simplesmente na moda, no que fulano de tal disse ou na foto que postou. Você acaba numa busca constante por uma vida que não é sua e, muitas vezes, apenas para ser aceito, para ser bem visto, “admirado” por todos, talvez até invejado…

Você está mesmo disposto a pagar o preço por isso?

Bem, eu não estou. E isso não é fácil, porque somos sufocados todos os dias com um turbilhão de estímulos externos nos mostrando como é bom e socialmente bem visto seguir a manada sem refletir sobre prioridades, consumo, bem estar… Como se sua identidade dependesse do bando.

nao-desperdice-sua-vida-tentando-impressionar-os-outros-irmascarvalhoblog

Por isso eu te convido a começar a semana refletindo sobre aquilo o que você realmente deseja. Não o que a mídia diz que é bom para você, nem o que seus amigos e conhecidos dizem, nem o que a lista de tendências do Pinterest diz, mas aquilo que você REALMENTE quer, não para impressionar alguém, mas por você.

 

5 sinais de que você realmente precisa de um psicólogo

5-sinais-de-que-voce-precisa-de-um-psicologo-irmascarvalho

Se você abriu esse artigo, então provavelmente isso já é um sinal da sua necessidade de ajuda. Brincadeiras à parte, nossa proposta é dividir com você o que nos fez procurar ajuda profissional, já que nós não trabalhamos na área.

Sabemos que existem pessoas que passam por eventos terríveis na vida, mas é importante ressaltar que mesmo na ausência de tragédias você pode precisar de terapia. Aqui vão os sinais que podem indicar que você precisa de ajuda:

1 – Você está pensando em fazer terapia

Minha brincadeira tinha um fundo de verdade. Se você pensa em fazer terapia, isso por si só já revela um grande incômodo com algo na sua vida. Se você não tem conseguido lidar com isso, pode ser interessante buscar ajuda profissional.

2 – Nada te agrada

A sua vida se tornou um grande “tanto faz”. As coisas que te divertiam agora te aborrecem e as que te aborreciam já estão quase te deixando maluco(a). Nada te deixa contente e em qualquer situação você sofre de um tédio crônico. Essa insatisfação generalizada é um péssimo sinal.

27145328560499

3 – Você não sabe o quer

Ao perceber seu mau humor, algum familiar ou amigo pergunta: “Afinal de contas, o que você quer?” e sua resposta é um grilo cantando e uma poker face seguida de uma vontade de chorar. Você não faz a menor ideia de que rumo quer dar para a sua vida, seja no âmbito profissional ou em qualquer outro.

4 – Você não gosta de si mesmo

Você tem padrões de pensamento e comportamento que não te agradam, mas não consegue mudar. No fim das contas, depois de tantas tentativas fracassadas o que resta é um certo asco próprio e até se suportar acaba sendo uma tarefa difícil.

ourbitches-pessoas-normais-agua-75-seguir-x-eu-baixa-auto-estima-6715874.png

5 – Cansaço e desânimo

Sensação de fraqueza física e mental, de esgotamento, de falta de força para lidar com a situação atual. Você entra em um limbo, com se estivesse em um beco sem saída. Esse é o sinal mais crítico, porque indica que vai ser muito difícil se recuperar sozinho.

Esses foram alguns dos nossos motivos para buscar ajuda, que tem sido muito importante para o nosso desenvolvimento. Seja quais forem as suas razões, não hesite em pedir socorro!

Artigos relacionados

Eu não sei fazer nada
Raiva? Será?
Falta de vontade de recomeçar

É preciso coragem para ser um rejeitado

rejeitado-ou-corajoso-irmascarvalho

Título estranho, não? Normalmente relacionamos coragem a “sucesso” (sim, com aspas), mas existem alguns casos específicos em que sua coragem pode te levar ao “fracasso”. O maior exemplo disso é a rejeição. Algumas vezes você precisa se esforçar para que as pessoas te rejeitem e isso pode ser um bom sinal.

Quando eu olho em volta vejo as pessoas fazendo um esforço sobre-humano para serem aceitas. Mudam o modo de vestir, de agir, gostos e ideias, tudo para receberem aprovação. Não me levem a mal: na vida nós temos que mudar para evoluir. No entanto, essa mudança não pode ser feita exclusivamente para os outros gostarem. E muito menos te transformar em uma caricatura que não sabe quem é.

transferir (1)

Nesses momentos eu sinto o prazer de ser um rejeitado. Alguém que não se encaixa, que não tem um lugar. Porque isso, ao meu ver, é um sinal de força, um sinal de quem se recusa a ser dobrado. Uma amostra de alguém que prefere se ferir por estar sozinho a se destruir para conseguir encaixe em um  dos moldes (dos mais tradicionais aos mais “moderninhos”).

240_F_79357980_pV8vjOF7YPG1J6E31z7udnJDyjQxgulM

Talvez você já esteja vivendo do jeito que acha melhor. Talvez você esteja em um limbo (como eu estou agora), sem entrar no molde mas também sem ser você plenamente. Talvez eu esteja escrevendo para alguém que já se anulou. Seja como for, é preciso coragem para encarar a rejeição por ser diferente. Não é algo muito fácil.

Mas é muito bom.

Começar é sempre a parte mais difícil

comecar-e-sempre-a-parte-mais-dificil-irmascarvalho

Você também é daquele tipo de pessoa que gosta de planejar cada passo, conhecer todas as variáveis envolvidas e as possibilidades de algo dar certo ou errado? Então você não está sozinho. Para mim, começar um projeto ( ou trabalho, ou seja lá o que for) é sempre a parte mais difícil do processo, já que é IMPOSSÍVEL saber se tudo realmente vai dar certo. 

Ás vezes, o medo do fracasso logo no início nos impede de começar, mas isso é um erro. Por quê? Primeiro porque nós aprendemos muito mais com os erros, do que com os acertos. Então pare de encarar os erros como algo absolutamente negativo em sua vida e comece a encará-los como uma oportunidade para o aprendizado. Além disso, o simples fato de não ter tentado começar algo pode ser psicologicamente desgastante, já que você vai ficar se questionando “e se tivesse dado certo?” ou “eu não consigo fazer nada”.

Como se não bastasse essa avalanche de questionamentos iniciais, você ainda pode se desanimar ao pensar em tudo o que precisa fazer para alcançar seus objetivos. O planejamento é sim muito necessário em tudo nas nossas vidas, mas você não pode deixar o medo do trabalho te paralisar. O primeiro passo é sempre mais difícil, mas a partir do momento que você se envolve naquilo que é preciso ser feito, as coisas vão fluir.

o-importante-e-comercar-irmascarvalho

Então, hoje eu te convido a parar de procrastinar, adiar, enrolar, dar desculpas para começar o que você precisa fazer e FINALMENTE se arriscar e iniciar o seu projeto. O início pode ser meio cambaleante e aporante, mas quando você se estabiliza, tudo vai dar certo. Acredite!

Eu não sei fazer nada

eu-nao-sei-fazer-nada-irmascarvalho

Acho que grande parte de nós, pobres mortais, já deve ter tido essa horrorosa sensação de ser um peso, de não ter nenhuma habilidade ou não se destacar em nada. Para mim isso foi (e ainda é) uma fonte de angústia muito grande, então vou tentar elucidar as razões por trás disso e dar algumas dicas.

1 – Você não tem habilidades que chamem atenção dos outros

Em geral o que chama atenção são carisma, talento artístico (musical), destaque em algum esporte popular ou algo do tipo. Talvez você tenha alguma facilidade com computadores, jogos de estratégia, escrita ou química. Isso pode até não te dar um grande prestígio na escola ou faculdade, mas se ignorar as opiniões alheias e investir em seu próprio dom vai ter um futuro brilhante. Que tal se aprofundar no que realmente gosta?

2 – Você não tem uma habilidade “extraordinária”

Esse é um dos pontos mais difíceis de superar, na minha opinião. Algumas pessoas conseguem pintar quadros ultra-realistas aos 7 anos de idade, fazem o primeiro show aos 15 e se tornar milionárias aos 21. Isso não é, nem de longe, um padrão razoável para tentar seguir. É claro que todos nós gostaríamos de ser “extraordinários”, mas é importante entender que não fazer parte desse pequeno grupo não te torna um inútil.

3 – Você não tem habilidades “práticas”

Talvez você domine alguma técnica avançada mas tenha extrema dificuldade para fazer coisas do dia-a-dia. Talvez você seja bom no trabalho ou estudos mas não consiga lidar bem com questões cotidianas. Seja como for, tudo isso pode te fazer sentir impotente em relação à vida. Infelizmente, o ato de viver não vem com manual de instruções ou fórmula pronta. A única forma de mudar isso é sair da zona de conforto e tentar realizar essas tarefas que te incomodam com a maior frequência possível até conseguir.

4 – Você não é o melhor no que faz

Se sair dentro da média ou não ser o melhor no que faz não significa que você seja inferior. Talvez o seu problema seja treinamento insuficiente ou até mesmo estar treinando da maneira errada. É importante fazer muitas pesquisas procurar saber o que pensam as pessoas que realmente entendam do assunto em questão. E lembre-se: sempre vai existir alguém que se sai melhor do que você. Não adianta ficar paranóico.

5 – ÚLTIMO CASO: você realmente não consegue fazer nada

Tenho lá minhas dúvidas de que realmente exista alguém assim. Mas, se você tem certeza absoluta que não se sai bem em nada tem que fazer duas coisas: focar em uma área de interesse e praticar, e procurar ajuda psicológica. A falta de auto-estima, além de te fazer enxergar defeitos onde eles não existem, dificulta o seu progresso.

Todos esses itens mostram apenas minhas reflexões sobre o assunto. Não existe fórmula pronta para ser uma pessoa melhor, mas espero que essas dicas possam te ajudar.

Pauta de domingo: raiva? Será?

Em geral nós achamos que a raiva seja uma espécie bizarra de “sentimento concreto”: alguém nos faz mal (ou algo nos indigna) e ficamos com raiva. Simples assim, causa e consequência. Só que não.

A raiva é um sentimento muito mais complexos do que nos gostamos de admitir, principalmente quando ela se volta contra nós mesmos. Na verdade, a raiva de si mesmo é um dos piores sentimentos que existe, porque, além de te levar a tratar ou pensar mal de pessoas que não têm culpa de nada, ela esconde os verdadeiros problemas. E esses problemas são conhecidos: tristeza, frustração e solidão.

É mais fácil destruir tudo do que admitir que se sente rebaixado, que pensa não ser bom o suficiente ou está em um estado lamentável de melancolia. Tentamos crer que ter raiva vai amenizar essas questões, vai fazer alguma coisa sair do lugar, mas sabemos bem que isso não é verdade. Não queremos aceitar as coisas como elas são e isso alimenta um ciclo vicioso.

Quando uma situação tem saída, devemos buscá-la.

Quando uma situação não tem saída, devemos deixar as lágrimas saírem e aceitá-la.

Se envenenar nunca vai ajudar em nada

Quem é você?

Quem é você quando ninguém está olhando?

Quem é você quando está realmente sozinho?

Quem é você quando está com a família? E com os amigos? Você é diferente?

Quem é você no trabalho, no trânsito?

Quem é você nos dias de inverno? Nos dias difíceis? Naqueles dias em que expõe seus piores defeitos?

Quem você enxerga quando se olha no espelho? Você gosta daquilo que enxerga? Você se identifica com seu reflexo?

Está satisfeito com quem se tornou? Se não está satisfeito, por que insiste em tudo isso?

Por que não decidir logo mudar? Não é muito pior viver insatisfeito do que sair da sua zona de conforto?

Questione-se. Pense sobre suas decisões. Reflita sobre o seu comportamento. Procure as respostas. Se aceite e mude aquilo que te incomoda.

Não espere o tempo passar.